Home > AMM na imprensa > 98 FM – Romeu Zema vai iniciar o governo sem o orçamento aprovado

98 FM – Romeu Zema vai iniciar o governo sem o orçamento aprovado

A base de governo não conseguiu alcançar maioria para aprovar o fundo que poderia livrar o petista de ser enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Em retaliação, os governistas decidiram pela obstrução da votação do Orçamento de 2019 e, ao que tudo indica, a nova gestão terá que governar neste início de mandato sem a previsão das verbas, seguindo a regra do duodécimo.Na sessão extraordinária na noite desta segunda-feira , não houve acordo para a votação do projeto que cria o Fundo Extraordinário de Minas Gerais (Femeg). A proposta prevê a utilização dos recursos da compensação da Lei Kandir para o pagamento das dívidas do Estado com as prefeituras. Na prática, o fundo é uma forma de Pimentel indicar a origem de receitas para o pagamento de dívidas deixadas pela atual gestão, sob pena de ser condenado por improbidade e ficar inelegível por oito anos.O plenário estava lotado de prefeitos e até de militantes do Novo, que pressionavam contra a aprovação do fundo. Para eles, é pouco provável a União fazer a compensação ao Estado referente a Lei Kandir, ou seja, o dinheiro do fundo nunca chegaria aos cofres estaduais.