Home > COMUNICAÇÃO > Salas técnicas encerram programação de Congresso

Salas técnicas encerram programação de Congresso

Durante os três dias de encontro, palestras e mesas redondas abordaram diversos assuntos relacionados à administração municipal

Mobilidade urbana, captação de recursos e investimentos, aplicações de leis e ações para o meio ambiente foram os temas das salas técnicas do 32º Congresso Mineiro de Municípios da Associação Mineira de Municípios (AMM), que fecharam a programação do evento, nesta sexta-feira, 8 de maio. O maior encontro municipalista do Brasil reuniu cerca de 10 mil pessoas, entre prefeitos, vereadores, estudantes e demais gestores municipais, ao longo de três de dias de evento.

Um dos temas abordados foi “A importância da ação articulada para a gestão municipal”. A coordenadora da política de educação integral da Secretaria de Estado de Educação, Rogéria Freire, deu dicas de como desenvolver políticas intersetoriais. “O mais importante ao se fazer política pública é conhecer as necessidades das pessoas que moram na cidade e ter dados qualificados que subsidiem as decisões da administração”, destacou Rogéria durante debate.

O vereador Jayme Filho, da cidade de Barroso, encerrou a participação no congresso de forma muito satisfatória. “Preciso parabenizar a AMM pelo que ela está fazendo pelos municípios. Quanto mais informações nós tivermos, melhor será para o nosso trabalho, uma vez que a cobrança que nós vereadores sofremos é grande”.

Meio Ambiente

A assessora do Instituto AMM de Ensino, Pesquisa e Extensão (I-AMM), Sarah Rosignoli, ministrou a palestra “Perspectivas no Processo de Licenciamento Ambiental: Instrumentos de Gestão”. Ela explicou o que a prefeitura precisa para realizar o procedimento. “O município tem que se estruturar, capacitar os funcionários, elaborar um planejamento ambiental e principalmente ficar atento à fiscalização para assumir suas responsabilidades e evitar punições”.

Para a técnica em educação ambiental de Dores do Indaiá, Cristina de Souza, entender como funciona a gestão ambiental é fundamental. “Para que as atividades sejam desenvolvidas com eficácia precisamos compreender todas as etapas do planejamento ambiental para colocá-las em prática e assim atender as demandas do setor de forma objetiva”.

Acesso à informação

A comunicação pública e o marketing digital também foram pautas do dia. O presidente da Rede Minas, Israel do Vale, falou sobre a necessidade de se criar um campo de diálogo mais permeável com os diversos segmentos da sociedade, visando informar melhor o telespectador sobre as políticas públicas de interesse do cidadão.

Captação de recursos

O que os municípios podem fazer para ter acesso às linhas de financiamento e as exigências legais para a contratação na realização de obras públicas. A palestrante Juliana Assis Ferreira, contadora que atua no setor público do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), ressaltou que o demonstrativo das contas públicas deve ser efetivo e transparente para que o município consiga aprovar o crédito.

Publicado em 08/05/15

You may also like
Prêmios contemplam autoridades e boas práticas
Congresso da AMM reúne prefeitos mineiros