Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Reunião da diretoria da AMM define mobilização geral no dia 21 de agosto

Reunião da diretoria da AMM define mobilização geral no dia 21 de agosto

Prefeitos farão carreata em BH e haverá manifestações locais em todos os municípios

Membros dos conselhos Diretor e Fiscal da Associação Mineira de Municípios (AMM) se encontraram na tarde de terça-feira (31 de julho), na sede da entidade, para mais uma reunião estatutária.

Ficou definido o dia 21 de agosto para uma grande mobilização dos prefeitos em Belo Horizonte e também mobilizações de servidores nos próprios municípios, evidenciando a realidade local. O objetivo é mostrar à sociedade a caótica situação financeira das prefeituras mineiras após os constantes atrasos nos repasses do Governo do Estado.

Em Belo Horizonte, os prefeitos mineiros irão se encontrar na Cidade administrativa, às 13 horas, de onde seguirão, em carreata, até o Palácio da Liberdade.

Conforme publicado intensamente nos canais de comunicação da AMM e divulgado pela mídia, os débitos constantes nos repasses considerados constitucionais e, também, de convênios e verbas para administração das pastas nas prefeituras já estão em mais de R$ 7,6 bilhões. E quem paga a conta é a população.

“Precisamos da união de todos. Cada gestor agindo separadamente em seu município para mostrar à sociedade que o dinheiro não está chegando aos caixas dos municípios. Com isso, não temos como pagar o transporte escolar, as despesas da saúde, nem mesmo os salários dos servidores públicos, dos professores. A partir de agosto, eu, como todos os demais prefeitos, não terei como quitar todos os compromissos financeiros do meu município. Precisamos nos mobilizar e mostrar à população o que está acontecendo, pressionar o governo de Minas e acabar de vez com essa dívida, pois o dinheiro do Fundeb é nosso, constitucionalmente, de direito dos municípios. Recebemos o ICMS apenas por causa das ações movidas pela AMM em conjunto com os municípios. Temos que dar um basta nisso!”, afirmou o presidente da AMM, 1º vice-presidente da CNM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda.

Brasília e 35º Congresso

Na pauta, estava também a mobilização nos dias 7 e 8 de agosto, em Brasília, promovida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) com o apoio das entidades estaduais. A dificuldade dos gestores em quitar os compromissos diante desse quadro de falta de recursos em caixa e a prestação de contas do 35° Congresso Mineiro de Municípios também foram questões debatidas. Pela primeira vez na história do evento, o Congresso Mineiro de Municípios foi organizado com poucos patrocinadores e, apesar das dificuldades, o orçamento fechou na metade do custo das edições anteriores e o resultado foi um evento de qualidade técnica e propostas relevantes para políticas públicas nos municípios mineiros.

Presenças

Participaram da reunião: o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda; o terceiro vice-presidente e prefeito de Pirajuba, Rui Gomes Nogueira Ramos; a 1ª secretária e prefeita de Manhuaçu, Maria Aparecida Magalhães Bifano (Cici); o 2º secretário e prefeito de Congonhas, José de Freitas Cordeiro (Zelinho); o 1º tesoureiro e prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Batista Sucupira; os diretores da Região Central Ilce Alves Rocha Perdigão, prefeita de Vespasiano; e Maurílio Soares Guimarães, prefeito de Curvelo; o diretor na Região Noroeste Odilon de Oliveira e Silva, prefeito de Cabeceira Grande; os diretores da Região do Alto Paranaíba Agnaldo Ferreira da Silva, prefeito de Cruzeiro da Fortaleza; Adilio Alex dos Reis, prefeito de Guimarânia; e Paulo Cezar de Almeida, prefeito de Campos Altos; o diretor da Região Jequitinhonha/Mucuri Gildésio Sampaio de Oliveira (Nêgo), prefeito de Poté; os diretores da Região Sul Hideraldo Henrique Silva, prefeito de Boa Esperança; Walker Américo Oliveira, prefeito de São Sebastião do Paraíso; os diretores da Região Triângulo Benice Nery Maia, prefeita de Itapagipe; Paulo Roberto Barbosa, prefeito de Planura; Pedro Socorro do Nascimento, prefeito de Limeira do Oeste; os diretores da Região Centro-Oeste Wirley Rodrigues Reis, prefeito de Itapecerica; e Adeberto José de Melo, prefeito de Piumhi; o diretor da Região Norte José Barbosa Filho, prefeito de Catuti.

A reunião contou, também, com a presença do diretor da Região Rio Doce, Edmo César Feliciano Reis, prefeito de Itabirinha; o presidente do Conselho Fiscal, Higino Zacarias de Sousa, prefeito de Ritápolis; Geraldo Magela Barbosa, prefeito de Onça de Pitangui e Welington Marcos Rodrigues, prefeito de Mar de Espanha; membros do Conselho Fiscal; o superintendente executivo da AMM, Rodrigo Franco, além de assessores e técnicos da entidade.

 

Publicado em 2 de agosto de 2018.