Home > COMUNICAÇÃO > Senado criará comissão em defesa dos municípios

Senado criará comissão em defesa dos municípios

O prefeito de Moema e membro do Conselho Fiscal da Associação Mineira de Municípios (AMM), Julvan Lacerda, se reuniu em Brasília, na última terça-feira (12/05), com o presidente do Senado, Renan Calheiros e vários senadores e prefeitos.  Os participantes entregaram ao presidente do Senado a Proposta do Movimento Municipalista, que deve ser a tônica da XVIII Marcha a Brasília, marcada para os dias 25 a 28 de maio. O documento propõe a aprovação de leis que tramitam no Congresso que podem aliviar a situação financeira, sobretudo dos pequenos municípios.

Uma das principais reivindicações trazidas ao Senado é uma solução para o pagamento do Piso Nacional do Magistério. Segundo Paulo Ziulkoski, presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o pagamento do piso salarial chega a consumir 90% dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Para tentar amenizar o problema, a proposta pede que o Congresso Nacional mude a Constituição Federal e que parte do pagamento do piso seja partilhado com a União.

reuniaobrasiliaO prefeito de Moema, Julvan  Rezende Araújo Lacerda,  (na foto, segundo à esquerda) acrescentou que este é o momento ideal para que o Senado e a Câmara consigam atender às demandas municipalistas.

 Comissão Especial

O presidente do Senado, Renan Calheiros, disse que a Casa está aberta à agenda municipalista e anunciou a criação de uma Comissão Especial de senadores para rediscutir o Pacto Federativo e medidas para recuperar a capacidade de investimento das cidades.  A Comissão deve ser instituída durante a Marcha a Brasília.

Postado em 13/05/15

You may also like
Municípios devem regulamentar a Lei de Acesso à Informação
Elaboração de plano municipal de saneamento básico
Concurso global oferece U$ 9 milhões para municípios inovadores
Auxílio-Educação vai fomentar economia local