Home > COMUNICAÇÃO > Relatório sobre recursos hídricos auxilia gestores públicos mineiros

Relatório sobre recursos hídricos auxilia gestores públicos mineiros

Material elaborado pela Comissão Extraordinária das Águas serve de consulta para administrar crise nos municípios

 

A Associação Mineira de Municípios (AMM) compartilha o relatório final da Comissão Extraordinária das Águas, publicado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O material, fruto de um trabalho que começou em 2013, pode auxiliar os municípios a encontrar alternativas para as principais dificuldades detectadas no Estado em relação à gestão dos recursos hídricos.

O relator da Comissão, deputado Pompílio Canavez, apresentou o documento final com 26 recomendações, dentre elas, o fortalecimento dos comitês de bacia hidrográfica e a inserção dos temas água e segurança hídrica entre os prioritários da agenda do governador do Estado. O parlamentar destacou a realização de eventos institucionais que promovam a reflexão periódica sobre o tema e sugeriu que a Comissão deixe de ser Extraordinária e passe a atuar de forma permanente devido à gravidade do assunto.

Segundo Canavez, apenas 10% das cidades mineiras têm planos de saneamento. As demais não possuem corpo técnico capacitado para desenvolver os estudos e buscar recursos junto às esferas estaduais e federais.

De acordo com o relatório, estima-se que cerca de 40% da população global viva sob estresse hídrico em regiões com oferta anual inferior a 1.700 metros cúbicos de água por habitante, limite mínimo considerado seguro pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Além de problemas para o consumo, esse cenário coloca em xeque safras agrícolas e produções industriais, por isso os gestores públicos precisam atentar para as informações divulgadas no relatório.

Veja aqui  o relatório

You may also like
Programa de Transporte Escolar é aprovado em 2º turno
Direito à saúde é tratado em Ciclo de Debates
Ciclo de debates – Judicialização da saúde
Mulher na política é pauta em debate na ALMG