Home > COMUNICAÇÃO > Quinta edição do Prêmio Mineiro de Boas Práticas está com inscrições abertas

Quinta edição do Prêmio Mineiro de Boas Práticas está com inscrições abertas

Nos últimos anos, o Congresso Mineiro de Municípios vem premiando a administração municipal que promove ações de destaque. Em 2015, não será diferente. A Associação Mineira de Municípios já está recebendo inscrições para a quinta edição do Prêmio Mineiro de Boas Práticas na Gestão Municipal, que tem a avaliação da União Brasileira de Qualidade (UBQ) e divulgação em todo o Estado.

Em 2014, a premiação agraciou 16 municípios mineiros que se destacaram com ações de desenvolvimento para a população. Receberam o prêmio pelas boas práticas Barroso, Miradouro, Lagoa da Prata, Ibiraci, Sacramento, Nova Ponte, São Lourenço, Andradas, São Romão, Camanducaia, Pompéu, Pará de Minas, Elói Mendes, Jeceaba, Mariana e Nova Lima. As seis categorias avaliadas foram: Administração, Gestão da Educação, Gestão da Saúde, Gestão do Desenvolvimento Social, Gestão do Desenvolvimento Urbano/Ambiental e Políticas sobre Drogas.

Segundo o presidente da AMM e prefeito de Barbacena, Antônio Carlos Andrada, os projetos vencedores tornam-se referência e inspiração para os outros municípios e, com isso, ajudam a administração pública municipal na abertura de novos caminhos que conduzam à modernidade. “O Prêmio Mineiro de Boas Práticas comprova o comprometimento da Associação Mineira com a qualidade da administração municipal e principalmente com o bem estar dos mineiros”, reforça Andrada.

Para a superintendente da AMM, Cristina Márcia Mendonça, a expectativa para 2015 é que mais municípios participem e executem projetos criativos que sejam avaliados como uma boa prática. “O Prêmio Mineiro de Boas Práticas valoriza o município, gestores, secretários e profissionais que atuam nas prefeituras, por isso ele é tão importante para o desenvolvimento do Estado, pois as boas práticas trazem resultados efetivos para a população “, disse.

 

Exemplos de Boas Práticas

Em 2014, a prefeitura de São Lourenço, no Sul de Minas, recebeu “Menção Honrosa” com o projeto “Diversidade no Ensino – Privilégio de Conviver com as Diferenças”, que aposta na humanização do ensino. “Nossa proposta foi resgatar o que o aluno da educação especial tem de melhor, o que ele já sabe fazer, suas habilidades, seu conhecimento, para inserirmos novos conteúdos e melhorarmos o seu desempenho escolar”, explicou a coordenadora do Atendimento Educacional Especializado do município, Eliza Nogueira, concluindo: “Nossa meta é fazer com que o aluno que demanda atenção especial seja um cidadão autônomo, que ele conquiste suas escolhas, oportunidades, e possa fazer opções. É um trabalho oportuno para a sociedade, cujo reconhecimento da AMM nos deixou muito felizes”.

Já a cidade de Mariana foi agraciada no eixo temático “Políticas sobre Drogas”. O programa “REDE PELA VIDA” foi premiado como uma iniciativa que tem a função de orientar as ações do governo municipal na prevenção do uso indevido, atenção e reinserção social de usuários e dependentes de drogas. O subsecretário de Desenvolvimento Social da comarca, Gilmar Inácio, explica o trabalho desenvolvido pela prefeitura: “Oferecemos apoio à família do dependente e conjugação de esforços com outros entes do estado e da sociedade civil para enfrentarmos as questões referentes às drogas, com ações voltadas a cinco eixos de atuação. Trabalhamos com prevenção, tratamento, acompanhamento familiar, reinserção social e monitoramento do usuário ou dependente em recuperação”.

Saiba mais sobre o Prêmio Mineiro de Boas Práticas acessando aqui

 

You may also like
Prêmio Cidade Pró-Catador abre inscrições para Prefeituras e Consórcios
Cursos sobre projetos urbanos são oferecidos
Antônio Júlio recebe troféu Tancredo Neves
COMO ATUALIZAR PLANTAS CADASTRAIS DOS MUNICÍPIOS