Home > COMUNICAÇÃO > Departamento de Comunicação > Notícias > Programa Minas Mais Resiliente recebe inscrições para fortalecer Coordenadorias de Proteção e Defesa Civil

Programa Minas Mais Resiliente recebe inscrições para fortalecer Coordenadorias de Proteção e Defesa Civil

Estão abertas, até o dia 31 de julho, as inscrições para o edital de chamamento do Programa Minas Mais Resiliente (MMR). Os municípios interessados participarão da seleção de propostas para celebração de convênio, recebimento de equipamentos e matérias referentes ao fortalecimento de órgãos municipais de Proteção e Defesa civil do Estado.

O objetivo do edital é difundir nos municípios mineiros a cultura de resiliência em proteção e defesa civil. Serão investidos mais de R$ 5,2 milhões, diretamente em ações de prevenção aos desastres. A expectativa, a partir da adoção de projetos com ênfase na gestão do risco de desastres e nos pontos geográficos de maior fragilidade, é da redução das vulnerabilidades das ameaças, aumentando a resiliência das comunidades.

Os municípios interessados devem preencher os requisitos do item 3 do Edital de chamamento público 01 de 2016. Serão selecionados e classificados 40 municípios que comprovarem: a) Ocorrência de Estado de Calamidade Pública (ECP), no período de 2008 a 2015; b) A maior reincidência de decretações de Situação de Emergência, no período de 2008 a 2015. O edital já está no site da Defesa Civil Estadual: http://www.defesacivil.mg.gov.br.

Minas Mais Resiliente

O Programa Minas Mais Resiliente (MMR) baseia-se nos direcionamentos da Organização das Nações Unidas (ONU) e na construção de cidades resilientes – aquelas que têm capacidade de resistir, absorver e se recuperar, de maneira eficiente, dos efeitos de um desastre, bem como, de maneira organizada, prevenir e preparar a população para que estes efeitos sejam minimizados.

Saiba mais sobre a Campanha no guia para gestores públicos locais, elaborado pela ONU: Como Construir Cidades Mais Resilientes.

Foto: ONU – A roda da resiliência.
Publicado em 21 de junho de 2016.