Home > COMUNICAÇÃO > Departamento de Comunicação > Notícias > Primeiro decêndio do FPM de março tem queda de 56%

Primeiro decêndio do FPM de março tem queda de 56%

O depósito do primeiro decêndio de março do FPM será creditado nesta quinta-feira, dia 10, nas contas das prefeituras brasileiras e se apresenta com uma quantia de R$ 2.015 bilhões. A queda registrada foi de 56%, se comparados ao repassado no mesmo decêndio do mês anterior, que foi de R$ 4.557 bilhões.

Segundo a economista da Associação Mineira de Municípios (AMM), Angelica Ferreti, “a queda nominal dos repasses realizados ao fundo preocupa as prefeituras em todo o país, já que, quando somada aos efeitos negativos da inflação, os recursos se tornam ainda menos expressivos”. No entanto, segundo as previsões da Secretaria do Tesouro Nacional (STN),  há expectativa de melhora para os próximos meses. Para março e abril, a STN espera crescimentos nominais de 6,1% e 11,1%, respectivamente, em comparação ao mesmo período do ano anterior.

No acumulado de 2016, o FPM soma R$ 18,503 bilhões, enquanto que, no mesmo período do ano anterior, o acumulado ficou em R$ 21,356 bilhões. Em termos reais, o somatório dos repasses é 13,36% menor do que o mesmo período do exercício passado.

Consulte o Valor do FPM do primeiro decêndio de março para cada faixa populacional

Com informações da Agência CNM

Postado em 10-03-2016

You may also like
Municípios devem receber parte da multa arrecadada com o projeto da repatriação
Estimativa populacional publicada pelo IBGE não traz grandes mudanças para o FPM em Minas Gerais
Municipalistas vão a Brasília e conseguem liberação de 1% do FPM para esta sexta-feira
Repasse do 1% do FPM previsto para julho deve somar R$3 bilhões

Leave a Reply