Home > ÁREAS TÉCNICAS > Convênios > Prefeituras do Norte de Minas têm prazo até 17 de junho para adesão ao Coapes

Prefeituras do Norte de Minas têm prazo até 17 de junho para adesão ao Coapes

Com o objetivo de melhorar as ações do Sistema Único de Saúde (SUS) foi divulgada a chamada pública para a adesão ao Contrato Organizativo de Ação Pública Ensino-Saúde do Norte de Minas – Coapes –, que está aberta a prefeituras, hospitais e instituições de ensino superior, públicas e privadas, que oferecem cursos de graduação em medicina e outros cursos da área de saúde.

A chamada pública também contempla programas de residência médica e residência multiprofissional e, ainda, às demais instituições de saúde que atuam no Norte de Minas. Dirigentes das instituições interessadas em participar do Coapes deverão entregar o termo de adesão assinado no setor de planejamento da Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros, até o dia 17 de junho. O edital com o termo de adesão e informações sobre o Coapes está disponível no site: www.unimontes.br (seção editais).

Melhoria da Assistência

Os Contratos Organizativos de Ação Pública Ensino-Saúde foram instituídos pelo Ministério da Saúde no contexto do Programa Mais Médicos. O Coapes foi proposto para facilitar os processos de negociação e as tomadas de decisão que envolvam ações de integração ensino-serviço-comunidade. A superintendente regional de saúde de Montes Claros, Patrícia Aparecida Afonso Guimarães Mendes explica que a iniciativa pretende “garantir o acesso do ensino superior aos estabelecimentos de saúde como cenário de prática e, ao mesmo tempo, direcionar esforços para que os programas de formação contemplem compromissos da educação superior com a melhoria dos indicadores de saúde e do desenvolvimento dos trabalhadores de saúde do território”.

O objetivo é formar profissionais para o SUS em consonância com seus princípios constitucionais, com foco na garantia do direito à saúde dos seus usuários e aproximando o mundo da formação do mundo do trabalho. De acordo com as metas, o foco dessa aproximação é impulsionar que a articulação ensino-serviço-comunidade busque mutuamente a melhoria da assistência, da gestão e da formação em saúde, fortalecendo, assim, as políticas públicas com vistas à satisfação do usuário.

Com Informações da Assessoria de Comunicação da SES-MG
Publicado em 06 de junho de 2016