Home > COMUNICAÇÃO > Departamento de Comunicação > Notícias > Prefeitos da AMBAS se reúnem com presidente da AMM para falar sobre a crise nos municípios

Prefeitos da AMBAS se reúnem com presidente da AMM para falar sobre a crise nos municípios

Prefeitos da Associação dos Municípios da Microrregião da Bacia do Suaçuí (AMBAS) participaram de reunião com o presidente da AMM e prefeito de Pará de Minas, Antônio Júlio, para discutir a situação financeira dos municípios e os desafios em cumprir a legislação com orçamento apertado. A dificuldade financeira, com queda nos repasses do FPM e do ICMS, foi destaque da reunião.

De acordo com o prefeito de Rio Vermelho e presidente da AMBAS: “A associação levou ao presidente da AMM as dificuldades dos municípios para ver a possibilidade dele nos ajudar”.

Para auxiliar os prefeitos, ficou acertada, na reunião, a realização de um curso sobre Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e fechamento de mandato, no dia 27 de abril, em Guanhães. O conteúdo foi discutido no último curso do Centro de Qualificação para a Gestão Pública (CQGP), na AMM. Devido à importância do tema e à dificuldade em reunir todos os prefeitos, os gestores pediram para a associação levar o curso à região da AMBAS.

“A gente não tem dinheiro e precisa cumprir obrigações. Por exemplo: o Fundeb aumentará 4,93% e temos a obrigação de dar aumento de 11% aos professores. A judicialização da saúde é outra questão. A gente precisa, então, conversar com os procuradores e o Ministério Público. Somos pessoas sérias, que querem fazer o melhor para o município, e a legislação dificulta”, conta Djalma Oliveira.

O presidente Antônio Júlio enfrenta os mesmos problemas na gestão do município de Pará de Minas e sugere uma reunião maior entre prefeitos, o Procurador do Estado e o Presidente do TCE para os administradores apresentarem as dificuldades neste ano de encerramento de mandato.

Estiveram presentes na reunião os prefeitos de Rio Vermelho, Djalma de Oliveira; de Serra Azul de Minas, Leandro Ventura Reis; Dores de Guanhães, Roberto Sérgio de Oliveira; de Coroaci, Walter de Almeida; de Senhora do Porto, José Portilho Pereira; de José Raydan, José Amaral da Silva; de Materlândia, Marques Serafim de Pinho; o secretário executivo de Guanhães, Heide Roberto Rocha; e o presidente da AMM e prefeito de Pará de Minas, Antônio Júlio de Faria.

Publicado em 08.04.2016.

You may also like
Mobilização no Triângulo ressalta a crise dos municípios
Serviços são paralisados em 578 prefeituras
Prefeituras protestam nesta segunda-feira
Prefeituras do Triângulo aderem à paralisação