Home > COMUNICAÇÃO > Prazo para informar gastos com saúde vai até 30 de janeiro

Prazo para informar gastos com saúde vai até 30 de janeiro

O prazo para gestores municipais e estaduais informarem todas as receitas e despesas com saúde nos últimos seis meses de 2014 termina no próximo dia 30. As informações devem ser repassadas por meio do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS).  Até a semana passada, o SIOPS apontava que apenas cinco dos 5.568 municípios alimentaram o Sistema.

Os 851 munícipios de Minas Gerais que ainda não enviaram as informações devem ficar atentos ao prazo, pois se ultrapassado, terão o Fundo de Participação dos Municípios bloqueados (FPM), até que se regularize a situação. Não há previsão de prorrogação de prazo.

A Lei Complementar 141 de 2012 determina que a prestação de contas de saúde deve ocorrer até 30 dias após o fim de cada bimestre. A responsabilidade dos dados declarados no SIOPS é do gestor do fundo municipal ou estadual de saúde. Os entes federados que não enviarem as informações poderão ter o repasse das transferências voluntárias DA União suspensas até que seja feita a regularização.

Confira a tabela com datas e prazos de entrega:

30 de janeiro 31 de janeiro 02 de março 3 a 9 de março 10 de março
Prazo legal para entrega do 6º bimestre de 2014. Notificação automática aos entes que não declaram o 6º bimestre. Prazo para entrega do 6º bim. sem aplicação de penalidade. Envio das informações do SIOPS ao Banco do Brasil Suspensão de Transferências Constitucionais e voluntárias para entes que não declararam o 6º bim/2014

Desde 2013 é necessário o uso do certificado digital na transmissão de dados ao SIOPS. Acesse os requisitos de configuração para utilizar a certificação digital.

O SIOPS

Foi institucionalizado no âmbito do Ministério da Saúde, com a publicação da Portaria Conjunta MS/ Procuradoria Geral da República nº 1163, de 11 de outubro de 2000, posteriormente retificada pela Portaria Interministerial nº 446, de 16 de março de 2004. O objetivo do Sistema é dar transparência sobre às receitas totais e os gastos em ações e serviços públicos de saúde aplicados pelos três entes da Federação.

 

You may also like
Municípios já podem baixar programa do Siops para o 2º bimestre
AMM divulga carta de apoio aos municípios frente aos atrasos nos repasses de recursos para a área da saúde
Transferência de recursos do SAD para Bloco de Média e Alta Complexidade
Municípios ainda podem prorrogar prazos de obras no Sismob