Home > ÁREAS TÉCNICAS > Assistência Social > MP libera recursos para compra de repelentes para gestantes

MP libera recursos para compra de repelentes para gestantes

O governo enviou nesta segunda-feira (14) ao Congresso Nacional a Medida Provisória 716/16, que destina R$ 420 milhões do orçamento federal para ações de enfrentamento do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, zika e febre chikungunya. A maior parcela (R$ 300 milhões) será direcionada à compra de repelentes para grávidas atendidas pelo programa Bolsa Família.

O programa é de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social. A distribuição de repelentes foi definida pelo governo em janeiro e é uma das frentes do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes aegypti e à Microcefalia.

A MP também destina R$ 70 milhões para o Ministério da Defesa. Os recursos serão usados para apoiar a operação das Forças Armadas no combate ao mosquito Aedes. Já a pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação foi contemplada com R$ 50 milhões, dinheiro que será utilizado em pesquisas para tratamento e diagnóstico da infecção causada pelo vírus zika.

A MP 716 será analisada na Comissão Mista de Orçamento. Se aprovada, segue para votação nos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.

 

Com informação da Agência da Câmara

Publicado em 16 de março de 2016

You may also like
Mobilização destina a sexta-feira como o dia de combate ao Aedes aegypti
Estratégia de Ação fortalece atenção à saúde da criança com microcefalia em Minas Gerais
TCE MG lança hotsite destinado a gestores municipais com orientações para o combate ao aedes aegypti
Municípios terão mais recurso para contratar Agentes de Combate às Endemias