Home > COMUNICAÇÃO > Departamento de Comunicação > Notícias > Mobilização no Triângulo ressalta a crise dos municípios

Mobilização no Triângulo ressalta a crise dos municípios

Usando o slogan “Prefeitos e vereadores unidos contra a crise”, representantes dos poderes executivo e legislativo da região do Triângulo Sul organizam uma mobilização, no dia 8 de abril, em Uberaba.

O objetivo é sensibilizar os governos Estadual e Federal quanto à queda das receitas e o aumento das obrigações, que têm causado intensa crise financeira nos 27 municípios da região.

Entre os motivos da mobilização está a repartição desigual da arrecadação de impostos e diminuição expressiva dos repasses constitucionais do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) às administrações municipais.

Com isso, os municípios sofrem com a falta de recursos para medicamentos, transporte de alunos, pagamento de fornecedores e servidores públicos, em dia, manutenção de salários de médicos e para cumprir o Plano de Carreira do Magistério (Piso salarial) e outras obrigações.

O cenário atual vem impondo sérias dificuldades aos gestores públicos municipais, que devem se pautar pelos princípios e normas da Constituição Federal e da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

A mobilização foi organizada pelos municípios do Triângulo Sul e os associados à AMVALE (Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande), AMPLA (Associação dos Municípios da Microrregião do Planalto de Araxá) e AMVARIG (Associação dos Municípios da Microrregião do Baixo Vale do Rio Grande).

Agenda

– Data: 08/04/2016 (sexta-feira).

– 8 horas: carreata com prefeitos e vereadores, partindo da rua Cel. Ranulfo Borges Nascimento, 100, Jardim Maracanã, Uberaba.

– 10 horas: reunião no Plenário da Câmara Municipal, na Praça Rui Barbosa, 250, Centro, Uberaba.

 

Com informações da assessoria de imprensa da Amvale.

 

Publicado em 07.04.2016.

You may also like
XIX Marcha a Brasília acontece de 9 a 12 de maio
Prefeitos da AMBAS se reúnem com presidente da AMM para falar sobre a crise nos municípios
Em Uberaba, fórum discute crise nas prefeituras
Serviços são paralisados em 578 prefeituras