Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Mobilização destina a sexta-feira como o dia de combate ao Aedes aegypti

Mobilização destina a sexta-feira como o dia de combate ao Aedes aegypti

Com o início do período de chuvas surgem, também, os casos de pessoas infectadas pelos vírus da zika, dengue e chikungunya. Entre as ações de combate ao mosquito está a mobilização conhecida como Dia “D”, para lembrar que toda sexta-feira é destinada à eliminação dos focos do Aedes aegypti. O combate ao mosquito, neste verão, contará com o esforço de oito ministérios e da Casa Civil, e o lançamento oficial da campanha será no dia 20 de novembro.

Casos em Minas Gerais

Até o dia 18 de outubro, Minas Gerais registrou 525.180 casos prováveis de dengue, com 238 óbitos, e 679 casos prováveis de chikungunya. Já em relação à febre pelo zika vírus, foram registrados 15.169 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos).

A partir do Boletim Epidemiológico divulgado no dia 24 de agosto, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) passou a adotar a definição de caso provável de zika vírus (casos confirmados + suspeitos). Nesta classificação estão incluídos todos os casos notificados de zika vírus, exceto os já descartados no sistema de informação.

Em relação aos casos que envolvem febre pelo zika em recém-nascidos com microcefalia, mães de bebês com microcefalia e gestantes, foram confirmados 1.001 casos de grávidas com a doença aguda.

Repasses do governo

Desde a identificação do vírus zika no Brasil, no segundo semestre de 2015, e sua associação com os casos de malformações neurológicas, cresceram em 39% os recursos federais destinados à Vigilância em Saúde, Piso Fixo de Vigilância em Saúde (PFVS), para a transferência aos estados, aos municípios e ao Distrito Federal. Os repasses são para as ações de combate ao Aedes aegypti e chegaram ao valor de R$ 1,87 bilhão, em 2016. O Ministério da Saúde contou, ainda, com apoio extra do Congresso Nacional, por meio de emenda parlamentar, no valor de R$ 500 milhões.

Foto: Pixabay. Com informações do Portal da Saúde e da SES-MG.

Publicado em 16 de novembro de 2016.