Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Minas Gerais registra mais de sete mil casos suspeitos de Dengue em 2018

Minas Gerais registra mais de sete mil casos suspeitos de Dengue em 2018

As chuvas de verão causam estragos nas ruas e moradias e, também, trazem um problema difícil de ser combatido: as doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti. Em 2018, até o momento (12/03), Minas Gerais registrou 7.261 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos) de Dengue e seis óbitos em investigação.

Em relação à Febre Chikungunya, foram registrados 1.590 casos prováveis da doença. Não há, até o momento, óbito confirmado ou em investigação para Chikungunya em 2018. Já em relação à Zika, foram registrados 86 casos prováveis em 2018.

Não existe vacina contra as doenças causadas pelo mosquito. Por enquanto, é preciso o combate intensivo ao Aedes aegypti.

O que as prefeituras devem fazer:

  • Acompanhar sistematicamente a evolução temporal da incidência de casos em cada área da cidade e confrontar com os índices de infestação vetorial.
  • Organizar discussões conjuntas com as equipes de controle de vetores, visando à adoção de medidas capazes de reduzir (impedir) a circulação viral.
  • Organizar mutirão de limpeza em toda a cidade.
  • Intensificar o atendimento das unidades básicas de saúde para identificação da doença e o seu devido encaminhamento.
  • Organizar encontros educativos em todos os setores da prefeitura.
  • Elaborar projeto de conscientização para as escolas municipais.
  • Reforçar as ações dos agentes comunitários de saúde e de endemias para prevenção da proliferação do mosquito.
  • Fiscalizar lotes vagos particulares.

O que a população pode fazer:

  • Tampar os tonéis e caixas d’água.
  • Manter as calhas sempre limpas.
  • Deixar garrafas sempre viradas com a boca para baixo.
  • Manter lixeiras bem tampadas.
  • Deixar ralos limpos e com tela.
  • Limpar semanalmente ou preencher pratos de vasos de plantas com areia.
  • Limpar os potes de água para animais com escova ou bucha.
  • Retirar água acumulada na área de serviço e atrás da máquina de lavar roupa.

Confira (aqui) o boletim da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais. Saiba mais sobre as doenças aqui.

Mais informações com a assessora do departamento de Saúde da AMM, Juliana Marinho, pelo telefone (31) 2125-2433.

Foto: Pixabay. Publicado em 13 de março de 2018.