Home > COMUNICAÇÃO > Minas adota plataforma federal para o CAR

As dificuldades encontradas para as inscrições dos proprietários rurais no Cadastro Ambiental Rural (CAR) pela plataforma online estadual SICAR-MG levaram o governo de Minas Gerais a adotar o sistema federal. A expectativa é que o sistema esteja disponível para os mineiros nos próximos dias, quando termina o prazo para que o cadastramento seja efetuado em até 5 de maio. Enquanto não for liberado, a orientação é que os proprietários rurais façam o cadastro no sistema estadual.

O consultor do departamento de Meio Ambiente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Licínio Xavier, explicou que houve uma decisão equivocada em desenvolver, paralelamente, uma plataforma estadual para o CAR. Segundo ele, além do processo ser online – o que limita o acesso de muitos proprietários rurais ao sistema – a plataforma também é pouco eficiente. “Os técnicos da AMM detectaram dificuldades na inscrição por parte dos pequenos ruralistas e têm apoiado as prefeituras na capacitação para a elaboração e envio de dados para a base. Por isso, um primeiro foi realizado um encontro em Pompéu, onde 40 servidores da região foram capacitados para auxiliar os administradores municipais”.

Minas Gerais tem cerca de 580 mil terrenos rurais, mas apenas 86 mil se inscreveram no CAR e o cenário se repete nacionalmente. Diante disso, o governo estadual já enviou ofício ao Ministério do Meio Ambiente, solicitando a prorrogação desse prazo por mais um ano.

Caso haja a confirmação de prorrogação do prazo, a AMM, por meio de seu Departamento de Meio Ambiente, estará a disposição dos funcionários municipais para esclarecimentos sobre a inscrição e os processos do CAR.

Sobre o CAR

O Cadastro Ambiental Rural é um registro público, eletrônico, de abrangência nacional feito junto ao órgão ambiental competente. Criado em 2012 pelo Novo Código Florestal Brasileiro, o registro é obrigatório para todos os imóveis rurais e tem como finalidade integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento.

 

 

 

You may also like
Proprietários de imóveis rurais têm até 31 de dezembro de 2017 para fazerem Cadastro Ambiental Rural (CAR)
Municípios ainda podem prorrogar prazos de obras no Sismob
Prorrogado o prazo para inscrição de propriedades com menos de quatro módulos fiscais
Plenário mantém prorrogação de prazo dos lixões