Home > COMUNICAÇÃO > Governo altera aplicação do sexto horário apenas para alunos que utilizam o transporte escolar rural

Governo altera aplicação do sexto horário apenas para alunos que utilizam o transporte escolar rural

Atendendo as sugestões da Associação Mineira de Municípios – AMM, preocupada com as dificuldades dos municípios em realizar o transporte escolar dos alunos da rede pública estadual após a instituição do sexto horário, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, informou que o Estado, com base na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB, admitiu a implantação do sexto horário por meio de atividade letiva não presencial para os alunos que utilizam o transporte escolar rural. Os demais alunos da rede pública estadual cumprirão o sexto horário de forma presencial.

Dessa forma, os municípios não precisarão fazer um investimento extra em transporte escolar. É preciso lembrar que, com o sexto horário, os municípios seriam obrigados a traçar uma nova logística de transporte, uma vez que haveria incompatibilidade de horários entre os alunos da rede pública municipal e estadual.
A partir de agora, com a aplicação desta nova sistemática, os municípios não terão mais que lidar com o problema de transporte de alunos em horários distintos, já que as linhas continuarão a transportar, ao mesmo tempo, os alunos da rede pública de educação estadual e do municipal.
O Presidente da AMM, Antônio Carlos Andrada, considera a iniciativa do governo estadual extremamente positiva para os municípios, porque mantém o programa pedagógico para fortalecer o processo educacional sem gerir ônus às prefeituras.