Home > COMUNICAÇÃO > Departamento de Comunicação > Notícias > Fórum discute cooperação entre universidades e municípios

Fórum discute cooperação entre universidades e municípios

Com o intuito de debater os desafios comuns às iniciativas de cooperação entre Universidades/Centros de Ensinos e os municípios, Viçosa foi sede do Encontro de Cidades Universitárias e Desenvolvimento Local e do Fórum de Cidades Universitárias, nos dias 29 e 30 de junho. A Associação Mineira de Municípios (AMM) foi parceira da Confederação Nacional de Municípios (CNM) na realização do evento, juntamente com a Casa dos Prefeitos (PEC) e a Pró-reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Durante a realização do Fórum, no dia 30, o superintendente executivo da AMM, Gustavo Nassif, foi o mediador das discussões. Para Nassif, a relação entre municípios e universidade é algo que atende a demanda de ambos. De emprego, por parte dos alunos, e a carência técnica pelo lado dos municípios, e vê esse tipo de parceria como algo que é possível de ser implantado. “Precisamos discutir isso na nossa área de Educação para analisarmos melhor o que pode ser feito em torno das interlocuções entre os municípios mineiros e as universidades do estado. Elas estão disseminadas em todo o território mineiro, e temos municípios necessitando de conhecimento e da possibilidade deste aluno desenvolver suas atividades no âmbito da gestão municipal”, explica.

Segundo ele, existe a possibilidade de atividades extensionistas nas universidades serem aproveitadas dentro das áreas técnicas municipais. “Acho que poderia se fazer um processo de residência para alunos recém concluintes dos cursos superiores, nas mais extensas áreas por meio de bolsa de estudos e alguma ajuda de custo, e toda essa pesquisa ser desenvolvida no âmbito municipal”, diz.

A agenda contou com a presença do diretor executivo da CNM, Gustavo Cesário, que falou aos presentes sobre nova iniciativa voltada às universidades, e sobre a proposta de criação de uma Rede em prol da cooperação entre universidades e iniciativas de desenvolvimento local.

Já o cientista político e professor da Universidade de Brasília (UNB), Ricardo Caldas, mostrou estudos de caso e pesquisas que mostram os impactos positivos causados pela existência de universidades nos municípios.

Os programas participantes do MuniCiência foram mencionados durante debate sobre o impacto da transformação social na gestão local. Mas, a programação também tratou sobre de experiências inovadoras implementadas por gestores que contribuíram significativamente para a melhoria da gestão municipal.

Municiência 

O MuniCiência foi uma das iniciativas apresentadas aos participantes do evento. O projeto da CNM, que começou com a curiosidade de conhecer iniciativas inovadoras, se tornou um exemplo de como a gestão local pode promover melhorias para a população por meio de cooperações. Principalmente aquelas com as instituições de ensino superior.

Alguns programas desenvolvidos em municípios mineiros se destacaram. São eles: Projeto de Inovação e Modernização da Gestão Pública Municipal, de Bom despacho; Merenda Escolar Enriquecida por Leite do Pequeno Produtor, de Sete Lagoas; e Políticas Públicas Sustentáveis, de Pompéu.

Publicado em 1° de julho de 2016.