Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Em Nepomuceno, gestores debatem apoio dos parlamentares aos pleitos municipalistas

Em Nepomuceno, gestores debatem apoio dos parlamentares aos pleitos municipalistas

Com a proximidade das eleições que determinarão os parlamentares da ALMG e, também, os novos integrantes do Congresso Nacional, é importante que os prefeitos saibam o que cobrar de seus candidatos e o que está em pauta em Brasília, que pode ajudar a administração municipal. Diante disso, representantes de mais de 25 municípios estiveram em Nepomuceno, na manhã desta terça-feira, 3 de abril, para participarem do Ação Municipalista, quando puderam conhecer um pouco mais da pauta prioritária do municipalismo, além das conquistas do movimento e de perspectivas para o cenário econômico de 2018. A série de encontros é promovida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) e tem o apoio da Associação Mineira de Municípios (AMM), em Minas Gerais.

O consultor da CNM e palestrante do evento, Ângelo Roncalli, falou aos mais de 20 prefeitos presentes sobre as principais reivindicações municipalistas, bem como os projetos que estão para ser votados no Congresso Nacional e dependem da pressão sobre os parlamentares para que sejam votadas. “O grande gargalo está no Congresso Nacional. Não adianta programas federais eficientes se não determinam uma fonte de recursos que garanta sua execução; não adianta dizer que é municipalista se não vota em consonância com as nossas propostas. Precisamos de um compromisso dos deputados, não adianta ficar só no discurso.”

A prefeita anfitriã do evento, Iza Menezes, destacou a importância da CNM e AMM levarem as pautas até as prefeituras do interior. “Antes, ficavam longe e essa proximidade é muito bacana para que possam ouvir nossas demandas e para que possamos também saber o que está acontecendo e nos engajar na causa. Estou muito honrada por receber esse evento hoje, e saber o que será debatido no Congresso da AMM e na Marcha em Brasília.”

Para o prefeito de São Tiago, Denilson Reis, alinhar as ideias e fazer com que os prefeitos se unam e entendam de fato a nossa realidade é importante para o engajamento. “Nós temos aqui um somatório de números, dados e propostas que criam um corpo, de verdade. Precisamos nos apropriar dessas informações para nos prepararmos para o futuro.”

Segundo ele, esse é um grande momento para o movimento municipalista, de sensibilizar os novatos para conseguir avançar com as pautas. “Toda essa estrutura criada no governo não se sensibiliza com o que o prefeito vive no dia a dia. O que precisamos saber é que haverá uma grande mudança no cenário brasileiro, e precisamos entender como esse novo grupo que vai acessar as cadeiras parlamentares poderá acrescentar ao nosso movimento.”

O prefeito de Heliodora, Alex Leopoldino de Limas, acrescenta que a questão das emendas deve ser aceita com cautela pelos prefeitos. “Nossos deputados têm que ser apertados, porque só trazer emendas não dá. Atualmente, nós dependemos de emenda. E, além disso, mandam a emenda para a Caixa Econômica Federal, onde é difícil tirar o dinheiro, protelando a liberação de recursos.”

Termo de Compromisso

Angelo Roncalli também destacou a importância da participação maciça nos maiores eventos municipalistas do país. E destacou uma nova ação das entidades municipalistas para a melhor atuação do movimento e um comprometimento dos políticos de Brasília e de Minas Gerais, por meio da assinatura de um termo de compromisso, que deve ser assinado pelos candidatos ao Governo de Minas durante o 35° Congresso Mineiro de Municípios, que acontece nos dias 19 e 20 de junho, após a Marcha a Brasília, que será promovida entre 21 e 24 de maio, quando também será cobrada uma postura dos candidatos à presidência da República.

Nova afiliação

Durante o evento, o prefeito de Caxambu, Diogo Curi, entendeu a importância da atuação municipalista e iniciou o processo de afiliação de seu município à AMM. “Estou me afiliando porque não poderia estar fora desse movimento municipalista no Estado. Pela primeira vez, temos visto a Associação próxima aos municípios, visitando lideranças, ouvindo gestores e defendendo a causa municipalista. Reconheço uma representatividade forte e firme na luta.”

Diário On-line

O controlador interno da AMM, Rodrigo Lázaro, também um dos responsáveis pelo processo de afiliação e do Diário On-line da AMM, representou a entidade no evento, levando a mensagem do presidente Julvan Lacerda, prefeito de Moema, eleito 1º vice-presidente da CNM. O colaborador enfatizou a importância dos municípios serem afiliados à associação, podendo, também, ter como ferramenta de gestão o diário oficial dos municípios.

Publicado em 4 de abril de 2018.