Home > ÁREAS TÉCNICAS > Assistência Social > Dia do assistente social é lembrado pela resistência da classe à violação dos direitos da população

Dia do assistente social é lembrado pela resistência da classe à violação dos direitos da população

“Nossa escolha é a resistência: somos classe trabalhadora!” é o mote da campanha do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) para o Dia do (a) Assistente Social comemorado nesta terça-feira (15 de maio). A data surgiu a partir da aprovação da Lei nº 3.252, de 27 de agosto de 1957, por meio do Decreto Federal nº 994, de 15 de maio de 1962, que regulamenta e oficializa a profissão no Brasil.

Para a campanha, foi definido um eixo central no 46º Encontro Nacional, em Brasília (DF), em 2017, que alerta não só a categoria de assistentes sociais, mas todos os profissionais, para não desistirem de reivindicações históricas da população brasileira e de toda classe trabalhadora. Além disso, está sendo discutida, também, a defesa dos direitos da população e do trabalho profissional com qualidade.

Mais informações com a assessora do departamento de Assistência Social da AMM, Jéssica Araújo, pelo telefone (31) 2125-2404.

Publicado em 14 de maio de 2018.