Home > CQGP > Curso discute a eficiência do controle interno nas administrações municipais

Curso discute a eficiência do controle interno nas administrações municipais

“A estruturação de Sistema de Controle Interno” é o tema do curso do Centro de Qualificação para a Gestão Pública (CQGP), da Associação Mineira dos Municípios (AMM), nesta terça e quarta-feira. No curso, são discutidas formas e procedimentos para auxiliar os trabalhos dos controladores internos das prefeituras mineiras.

De acordo com a professora e advogada, especialista em Direito Público, Priscila Viana, o controlador precisa conhecer a legislação básica do município e os procedimentos adotados na administração pública. “É indispensável fazer diagnósticos, em todos os setores e, depois, criar as instruções normativas e os procedimentos juntamente com os colaboradores.”

O curso reuniu cerca de 50 representantes das prefeituras mineiras. No material disponibilizado, os participantes têm acesso à legislação básica e guia com sugestões de procedimentos a serem adotados nas prefeituras.

A área de Controle Interno é responsável por assegurar o cumprimento das leis, a eficiência do sistema de gestão, a economicidade, os princípios constitucionais. “É preciso saber tirar do papel e desenvolver na prática. O objetivo do curso é orientar os controladores municipais a estruturar e fazer com que o sistema de controle interno funcione”, explica Priscila Viana.

“O curso está sendo muito proveitoso. Muitas pessoas tiram as dúvidas sobre os processos, instruções normativas e as leis que devem ser observadas”, afirma Janete Miguel Marangon, do Instituto de Previdência da Prefeitura de Viçosa.

Acessibilidade

Com a reforma na estrutura física do CQGP, a associação oferece um espaço mais confortável e adequado aos participantes do curso, com mudanças no salão, a construção de dois banheiros e uma rampa de acessibilidade para cadeirantes.

Edson Manoel Alves, da Prefeitura de Pouso Alegre, é cadeirante e afirma que a rampa para acessibilidade é essencial em todas as entidades que atendem ao sistema público. Alves salienta, ainda, a qualidade do curso oferecido no CQGP. “A professora é ótima. A ideia é facilitar, dar orientações para os profissionais buscarem instrumentos necessários ao trabalho e mais efetividade na administração pública como um todo.”

Novos cursos

Março
9 e 10 – Controle Interno I – Estruturação de um controle interno municipal
15 e 16 – Gestão financeira do FMS e relatório anual de gestão
30 e 31 – Controle Interno II – Licitações, contratos, obras e serviços de engenharia

Abril
5 e 6 – Gestão fiscal responsável em final de mandato
13 e 14 – Compras diretas – dispensa e inexigibilidade
26 e 27 – Controle Interno III – atuação nas áreas de saúde e educação

Maio
17 e 18 – Pregão – formação de pregoeiros

Junho
1 e 2 – Gestão financeira orçamentária do SUAS
14 e 15 – Licitações e contratos administrativos

Julho
5 e 6 – Gestão integrada do meio ambiente

Inscrições aqui.

You may also like
Curso discute o controle interno em serviços de engenharia
Controle Interno é tema de seminário
Controle Interno otimiza serviço municipal
Controle Interno > Controle Interno

Leave a Reply