Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > CQGP da AMM promove curso sobre gestão de convênios

CQGP da AMM promove curso sobre gestão de convênios

A importância da utilização do Siconv para a administração pública foi o objetivo do curso sobre Gestão de Convênios – Sistema de Convênios (Siconv) promovido, nos dias 28 e 29 de setembro de 2017, pelo Centro de Qualificação para a Gestão Pública (CQGP) da Associação Mineira de Municípios (AMM).

O curso visa, ainda, identificar, informar, capacitar e auxiliar os gestores e legisladores municipais a potencializar as oportunidades de acerto na administração pública, bem como captar recursos para a execução do Plano Plurianual (PPA), por meio da correta utilização do Siconv.

De acordo com a professora Rosana Pereira, a missão do curso é auxiliar os servidores públicos a terem domínio e conhecimento para utilizar o sistema de captação de recursos federais para os municípios. “Eles alegam que o sistema é difícil para trabalhar, mas é essencial. Se o gestor de convênios não tiver o domínio, desde a inclusão da proposta até a prestação de contas, não consegue captar recursos federais. E isso gera transtorno, pois pode haver prestação de contas reprovada, diante da má utilização do sistema”, reforça a professora que é habilitada pelo Ministério do Planejamento no Siconv.

O gestor de convênios da Prefeitura de Pedra Azul, Rosalvo Pinheiro de Almeida, salientou a experiência da professora e a qualidade do curso da AMM. “O que mais me chamou à atenção foi a origem, desde o orçamento até o PPA, o que é disponível de acordo com cada programa dos ministérios. Estamos entendendo melhor de onde vêm e o que temos de recursos para os municípios. Ao saber onde está disponível a gente consegue fazer um projeto.”

Maria Isabel Cristina de Freitas, chefe do departamento de Fazenda da Prefeitura de Ritápolis, conta que o curso superou as suas expectativas. “Eu não tinha noção de como trabalhar no sistema e, apenas com este curso, já deu para entender o processo e o acesso livre. O mais importante foi saber como acessar o sistema.”

Este curso teve, ainda, o diferencial de contar com a presença de vereadores, que querem entender o fluxo da captação de recursos e como eles podem atuar na fiscalização por meio do acompanhamento do sistema.

O vereador Francisco de Assis Barros, presidente da Câmara Municipal de Aiuruoca, avaliou positivamente o curso e afirma ter aprendido como funciona o sistema. Francisco afirma, ainda, que a obrigação de seguir a carga horária do curso, para receber o certificado, é muito importante ao controle do órgão público. “A gente sabe que está deliberando algo que será aproveitado e que o vereador está aqui cumprindo a carga horária”, salienta.

Publicado em 29 de setembro de 2017.