Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Controle Interno é tema de curso do CQGP da AMM

Controle Interno é tema de curso do CQGP da AMM

Nos dias 11 e 12 de setembro, mais de 60 servidores participaram do curso de “Controle Interno – Módulo I” promovido pelo Centro de Qualificação para a Gestão Pública (CQGP), na sede da Associação Mineira de Municípios (AMM). Os alunos puderam entender melhor o que é o sistema de controle interno e qual o papel de cada setor nessa estrutura para que o gestor público consiga fazer uma administração competente, eficiente, e não corra riscos de ser questionado em relação aos seus atos.

A professora do curso, Priscila Viana, ressaltou que o sistema de controle interno de uma prefeitura é uma estrutura que confere segurança para a administração no tocante a legalidade, legitimidade e eficiência dos atos. Segundo ela, uma das principais dúvidas dos participantes do curso é de como tirar do papel e implantar na realidade as determinações legais no que se refere ao sistema de controle interno.

“O Tribunal de Contas do Estado (TCE-MG) lançou, recentemente, uma decisão normativa onde traça orientações para os municípios. No entanto, os servidores não possuem uma visão, na prática, como fazer para que as orientações sejam aplicadas”, explica Priscila.

O diretor de divisão de controle interno do município de Guaxupé, Jair Pereira Bastos Filho, participou do curso e destacou que o controle interno funciona como um apoio ao prefeito, no sentido de que as demandas do município devem transcorrer dentro da normalidade. “A formação do controlador interno é importante porque vai dar bagagem para que exerça a sua função dentro das obrigatoriedades legais e dentro do que o bom senso também estipula”, disse.

Ana Cristina Alves, outra aluna do curso, assumiu a assessoria de controle interno da Câmara Municipal de Itabirito há pouco mais de um mês e, por não tertanta experiência na área, elogiou o conteúdo oferecido pela AMM. “O curso superou as minhas expectativas. Foi de uma transparência muito boa, a técnica que a professora usa para explicar é excelente, e abarcou o conteúdo interno de um modo geral, e eu precisava disso. E agora cabe a cada um de nós aprofundar e utilizar os conhecimentos que ganhamos aqui”, elogiou.