Home > Destaques > Comissão da AMM inicia viagens técnicas aos municípios participantes do VIII Prêmio de Gestão Municipal

Comissão da AMM inicia viagens técnicas aos municípios participantes do VIII Prêmio de Gestão Municipal

Checar a viabilidade dos projetos, eficácia e atendimento à população são alguns dos critérios analisados pela comissão de avaliação do VIII Prêmio Mineiro de Boas Práticas na Gestão Municipal, da Associação Mineira de Municípios (AMM), no período de 9 a 13 de abril, durante as visitas técnicas a quatro projetos de municípios finalistas. As demais visitas acontecem até 25 de abril.

Como prevê o edital, três projetos de cada eixo são selecionados pela equipe de avaliação, sendo nove classificados para a etapa final. Neste ano, o Prêmio Mineiro de Boas Práticas na Gestão Municipal da AMM englobou três eixos temáticos: Gestão Ambiental; Educação; e Economia/Desenvolvimento Econômico. Cada prefeitura mineira inscrita pôde concorrer com práticas em todos os eixos temáticos apresentados.

Projetos avaliados

São Sebastião da Bela Vista – Eixo Educação

O projeto “Pais na Escola” trata-se de ações, atividades e encontros, ao longo do ano letivo, com as famílias, alunos, professores e equipe pedagógica. O objetivo é inserir os pais no cotidiano escolar de seus filhos para participarem efetivamente do sucesso da gestão educacional do município.

São Sebastião da Bela Vista – Eixo Economia

O programa “Avança Bela Vista: Rumo à uma Economia de Sucesso” foi criado a partir da necessidade da administração municipal de encontrar alternativas para o fomento de atividades econômicas pautadas: no desenvolvimento local; aumento da renda dos trabalhadores locais; aproveitamento de mão de obra ociosa; formalização do mercado de trabalho; aumento da arrecadação municipal e receita do ICMS, em 443%, por meio do gerenciamento do Valor Adicionado Fiscal (VAF); parceria com iniciativa privada; melhoria dos serviços básicos à população; execução de obras e reformas, como ampliação das três escolas municipais, com novas salas de aula; manutenção do Centro Educacional Municipal de Educação Infantil; reforma do parque municipal; criação do parque de exposição; reforma do estádio; pavimentação de vias na zona urbana e rural; loteamentos com infraestrutura; fortalecimento das ações do CRAS e Assistência Social; ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS); e investimentos em ações para saúde mental no centro de convivência.

Santa Bárbara – Eixo Meio Ambiente

A falta de espaço no cemitério municipal impulsionou o Poder Público a buscar solução para a área. Dessa forma, foi otimizado o espaço anexo ao cemitério convencional para a construção do “Cemitério Vertical Público Biosseguro”. Para operacionalizar o projeto, foram construídas 265 gavetas, em um espaço inferior a 100 m². Em um sepultamento convencional seria necessária área seis vezes maior, sem considerar o aspecto cíclico do projeto, uma vez que os corpos permanecem por três anos, sendo posteriormente destinados a um ossuário, proporcionando uso permanente da mesma área de sepultamento. O “Cemitério público biosseguro” garante, de forma equilibrada, os três pilares do desenvolvimento sustentável: social, econômico e ambiental. Com o projeto, Santa Bárbara se apresenta como único município brasileiro a ter esta tecnologia que, ao longo de sua instalação, tem sido visitada por empresários, gestores e público em geral à procura do entendimento sobre esta modalidade de sepultamento.

Teófilo Otoni – Eixo Economia

Atender as demandas do município, por meio da captação de recursos, transformando ideias em projetos exequíveis para a entrega de bens e serviços qualificados aos cidadãos. Esse é o objetivo da “Gestão de Projetos”. Aplicada no planejamento e no orçamento público, uma importante ferramenta para o servidor público municipal fazer entregas de forma transparente e profissional. Com a “Gestão de Projetos”, a prefeitura pode se planejar melhor e, principalmente, executar com eficácia e no prazo todos os produtos e os serviços que são destinados à população. O Projeto permite que o servidor público municipal antecipe problemas e visualize soluções no desenvolvimento das diversas políticas públicas municipais de forma articulada.

Sobre o Prêmio

As prefeituras de Minas Gerais que inscrevem suas iniciativas inovadoras no Prêmio garantem reconhecimento e se tornam exemplos para outras cidades. Promovido pela AMM, a premiação está na oitava edição e tem como objetivo impulsionar a eficiência na gestão pública, por meio de experiências modernas e inovadoras.

O Prêmio Mineiro de Boas Práticas na Gestão Municipal incentiva as administrações a empreender, transformando os projetos bem-sucedidos em mecanismos para uma gestão moderna, contribuindo para o desenvolvimento municipal. “Queremos promover nova cultura, que servirá como base de uma gestão pública voltada para resultados, ampliando a consciência de que é possível empreender no âmbito da gestão pública municipal”, ressaltou o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda.

Os vencedores de cada eixo serão conhecidos no 35º Congresso Mineiro de Municípios, no Estádio do Mineirão, nos dias 19 e 20 de junho, em Belo Horizonte. Durante o Congresso, os nove finalistas terão espaços exclusivos para exposição de suas práticas.

Publicado em 16 de abril de 2018.