Home > COMUNICAÇÃO > Departamento de Comunicação > Notícias > Combate ao Aedes é tema de encontro de prefeitos e governador

Combate ao Aedes é tema de encontro de prefeitos e governador

O presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e prefeito de Pará de Minas, Antônio Júlio, participou, nesta quinta-feira (25/02), de reunião do Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. O encontro, que contou com a participação do governador Fernando Pimentel, reuniu mais de 180 prefeitos no Minascentro, em Belo Horizonte.

“Não adianta fazer só propaganda, assim não vai resolver. Em nome dos prefeitos que represento peço que o governo federal saia do discurso”, clamou o presidente da AMM. Antônio Júlio falou ainda que a situação é preocupante. “Esse mosquito pode ser muito mais perigoso e, infelizmente, este problema parece que só nos assusta quando bate à nossa porta”.

O vice-governador e coordenador do Comitê, Antônio Andrade, chamou a atenção para a importância da participação da sociedade. “Todos precisam estar engajados no combate ao mosquito. É uma luta permanente e é de todos nós”.

Para o governador Fernando Pimentel, o grau de mobilização social ainda não foi alcançado. “O mosquito fica dentro de casa, é lá que temos que buscá-lo. O próprio cidadão tem que se envolver, pois é uma guerra dele contra o mosquito, da família dele contra o mosquito. Nosso desafio é ir atrás de quem ainda não está mobilizado”.

Termo de cooperação

Na oportunidade, governo do Estado, Ministério Público (MPMG) e AMM assinaram um Termo de Cooperação Técnica e Operacional com vistas à integrar o MPMG na campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti. “O Ministério Público quer contribuir, por meio de orientações internas, para que os promotores recebam as solicitações dos prefeitos e ajuízem ações de ingresso em propriedades para a tomada de providências adequadas”, explicou o procurador-geral do Estado, Carlos André Mariani Bittencourt.

Dentre as demais autoridades que participaram do encontro estavam o secretário Executivo do Ministério da Saúde, Agenor Álvares, o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fausto Pereira dos Santos, o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Pedro Bitencourt Marcondes, e o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes.

Quadro em Minas

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, até 16 de fevereiro deste ano, foram registrados 62.271 casos prováveis de dengue, com oito mortes. Já a Chikungunya, foram 336 notificações, das quais 208 foram descartadas e as restantes estão em fase de investigação. Quanto ao Zika vírus, até 22 de fevereiro deste ano, foram notificados 195 casos no protocolo de microcefalia, destes 15 foram confirmados para o Zika. Além do protocolo, outros 303 casos foram notificados em todo o Estado.

Postado em 26.02.2016

Crédito da foto: Verônica Manevy – Imprensa MG

 

You may also like
Mobilização destina a sexta-feira como o dia de combate ao Aedes aegypti
TCE MG lança hotsite destinado a gestores municipais com orientações para o combate ao aedes aegypti
Municípios terão mais recurso para contratar Agentes de Combate às Endemias
MP libera recursos para compra de repelentes para gestantes

Leave a Reply