Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Com AMM, Minas Gerais é destaque na Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Com AMM, Minas Gerais é destaque na Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Posse de Julvan Lacerda na 1º vice-presidência da CNM, reunião com a bancada mineira no Congresso e estande da AMM movimentam evento

Debate com presidenciáveis, pauta com representantes do Congresso Nacional, reunião com a bancada mineira na Câmara Federal, discussões sobre a influência das mulheres no movimento municipalista, Fórum de vereadores e a elaboração da “Carta da XXI Marcha” são alguns dos destaques da programação da “Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios”, promovida pela Confederação Nacional dos Municípios, de 21 a 24 de maio, na capital federal. Mais de 300 prefeitos já confirmaram presença no evento, além de vereadores, secretários municipais e servidores de prefeituras mineiras.

No dia 22 de maio, o destaque será para a reunião do 1° vice-presidente eleito da CNM, presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, com os gestores mineiros, às 20 horas. Entre os temas discutidos está a pauta da reunião com os parlamentares de Minas Gerais.

Mas o momento mais esperado do evento será no dia 23, às 11 horas, com a posse da nova diretoria, quando o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, será empossado como 1° vice-presidente da Confederação. O novo presidente da entidade será o municipalista Glademir Aroldi. No mesmo dia, haverá a reunião dos prefeitos com a bancada mineira, às 16 horas, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados.

Promovida anualmente desde o ano de 1998, a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios se tornou o maior evento político em número de autoridades do mundo. Em sua 21ª edição, o encontro será no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB) em parceria com a AMM e demais entidades estaduais e microrregionais municipalistas.

A CNM – organizadora do evento – destaca que a Marcha é o momento de o Congresso Nacional, o Executivo Federal e os demais poderes do Estado Brasileiro se reunirem com os municipalistas para avançar as principais demandas dos entes locais. Em 2017, o evento reuniu mais de oito mil participantes na capital federal.

Neste ano, a novidade é que o pagamento deverá ser feito, exclusivamente, via boleto bancário. Mais informações no: www.cnm.org.br.

Publicado em 16 de maio de 2018.