Home > COMUNICAÇÃO > Departamento de Comunicação > Notícias > Brasileiros formados no exterior têm até 1º de junho para fazer inscrição no Mais Médicos

Brasileiros formados no exterior têm até 1º de junho para fazer inscrição no Mais Médicos

Os médicos brasileiros formados no exterior têm uma nova chance para ingressar no Programa Mais Médicos. Os interessados devem se inscrever, por meio do site de gerenciamento do programa, até o dia 1° de junho, para as 282 vagas não ocupadas por médicos brasileiros no edital de reposição em curso. Os médicos com CRM do Brasil tiveram, como sempre, prioridade na alocação, conforme suas preferências de município, e ocuparam 79,5% das oportunidades ofertadas.

Os candidatos devem entregar a documentação necessária na sede do Ministério da Saúde, em Brasília, para a análise da coordenação do Programa. Após a divulgação das inscrições validadas, prevista para 13 de junho, os profissionais deverão escolher os municípios de preferência, entre os que tenham vagas disponíveis, nos dias 22 e 23 de junho.

Já os médicos intercambistas, ao contrário dos formados no Brasil, passam por período de acolhimento – destinado à avaliação e ao treinamento desses profissionais – que deve ocorrer em julho. Após a aprovação neste módulo, os profissionais seguem para os municípios e iniciam as atividades. Caso sobrem vagas após a etapa da seleção, serão abertas inscrições para médicos estrangeiros formados no exterior.

Criado em 2013, o Mais Médicos ampliou a assistência na Atenção Básica fixando médicos nas regiões com carência de profissionais. O programa conta com 18.240 médicos em 4.058 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), levando assistência para cerca de 63 milhões de pessoas. Somando com os residentes em Medicina de Família e Comunidade, esse número chega a 65 milhões de brasileiros beneficiados.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde
Foto: domínio público (doctor-1228627_960_720)
Publicado em 31.05.2016.