Home > COMUNICAÇÃO > AMM terá disputa para a presidência

Antônio Júlio e Gilmar Machado concorrem à nova gestão da casa

Foram definidas as chapas que disputarão a eleição para o Conselho Diretor e Conselho Fiscal da Associação Mineira dos Municípios (AMM), biênio 2015/2017. Pleiteiam a presidência da Associação, atualmente ocupada pelo prefeito de Barbacena, Antônio Carlos Andrada (PSDB); os prefeitos de Pará de Minas, Antônio Júlio de Faria (PMDB), e de Uberlândia, Gilmar Machado (PT). A votação ocorrerá no próximo dia 31 de março, na sede da AMM, em Belo Horizonte. Somente as prefeituras afiliadas podem eleger os novos representantes da casa.

A chapa “União por Minas”, liderada por Antônio Júlio, é composta pelos prefeitos de Pirajuba, Rui Gomes Ramos (1º vice-presidente); de Barbacena, Antônio Carlos Andrada (2º vice-presidente); João Monlevade, Teófilo Faustino Duarte (3º vice-presidente); Periquito, Geraldo Martins Godoy (1º secretário); Mamonas, Edivan Roberto Cardoso (2º secretário); Onça de Pitangui, Geraldo Magela Barbosa (1º tesoureiro) e de Divinópolis, Vladimir de Faria Azevedo (2º tesoureiro). 

Antônio Júlio é formado em Direito pela Universidade de Itaúna. Filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), foi eleito deputado estadual em 1991, permanecendo por seis mandatos consecutivos, e presidiu a Assembleia Legislativa de Minas Gerais entre 2001 e 2003. Foi prefeito de Pará de Minas de 1982 a 1988 e eleito pela segunda vez em 2012, com 52,97% dos votos válidos.

Presidida por Gilmar Machado, a chapa “Gerais – Força do Interior” é formada pelos prefeitos de Luminárias, Arthur Maia Amaral (1º vice-presidente); de Sete Lagoas, Márcio Reinaldo Dias Moreira (2º vice-presidente); Miradouro, Almiro Marques de Lacerda Filho (3º vice-presidente); Senador José Bento, Flávio de Souza Pinto (1º secretário); Claro dos Poções, Maria das Dores Oliveira Duarte (2º secretário); Vieiras, Waldinei Chicareli de Andrade (1º tesoureiro) e de Conceição das Pedras, Sebastião Edicássio Raimundo (2º tesoureiro). 

Gilmar Machado foi eleito prefeito de Uberlândia com 68,72% dos votos válidos. Formado em História pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), está na vida política há mais de 20 anos, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT). Foi eleito duas vezes deputado estadual e quatro vezes deputado federal por Minas Gerais.

You may also like
AMM lança manual de orientações aos prefeitos eleitos
Planejamento como ‘palavra de ordem’ para ajustar o orçamento municipal
Presidente da AMM critica concentração de poderes durante evento municipalista
VI Congresso de Prefeitos Eleitos da AMM prepara novos gestores