Home > COMUNICAÇÃO > AMM acompanha manifesto para a duplicação da BR 381

AMM acompanha manifesto para a duplicação da BR 381

A Duplicação do segmento norte da BR-381, uma discussão que já se arrasta a alguns anos, ganha novo capítulo no próximo dia 28, quinta-feira, com a abertura de edital para a tão aguardada reforma na rodovia. A obra, que deve custar aproximadamente R$ 4 bilhões, prevê a duplicação de sete trechos da BR, chegando até a cidade de Governador Valadares.

Assim, para pressionar o Governo Federal por uma medida definitiva na rodovia, um manifesto público foi promovido a favor da BR-381. O ato público contou com a presença de Deputados Estaduais e Federais, Prefeitos e Vereadores, além dos moradores da região. A rodovia da morte, como é conhecida a BR-381, registrou 2.565 acidentes no ano passado, sendo, segundo a Polícia Rodoviária Federal, 1.794 entre Belo Horizontes e João Monlevade, trecho considerado um dos mais perigosos do Brasil.

O Presidente da Associação Mineira de Municípios – AMM, Ângelo Roncalli, espera que depois de tantas promessas, esse novo edital seja uma decisão definitiva para a rodovia, “Nós, como representante das 853 cidades de Minas Gerais viemos somar a esse movimento suprapartidário para que de fato esse edital seja publicado. Essa é uma mobilização permanente desde a publicação do edital até o início das obras e nós não podemos mais deixar que isso se arraste. A Presidente tem reinterado, por diversas vezes, esse compromisso por ser tão importante para os municípios e para todos os mineiros”, destaca.

Já o Deputado Federal, Mauro Lopes, autor do requerimento para a mobilização da bancada mineira no Congresso Nacional a favor da BR-381, destaca a importância do encontro e lembra que esse é o marco inicial para as mudanças da rodovia. Lopes ainda lembra a mudança no Regime de Contratação que, segundo o deputado, vai facilitar as licitações.

Estão previstos 304 quilômetros de obra na rodovia, sendo a duplicação de 200 quilômetros da rodovia entre as cidades de Belo Horizonte e Ipatinga. Depois, mais 100 quilômetros de adequações até Governador Valadares. O ato público, que ocorreu no trecho da rodovia que passa pela cidade de Nova União, foi registrado e assinado por autoridades presente e será levado até o conhecimento da Presidente Dilma Rousseff.