Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Ações sociais promovem garantia de direitos às famílias e indivíduos em situação de risco

Ações sociais promovem garantia de direitos às famílias e indivíduos em situação de risco

Ao longo do ano, um trabalho minucioso é feito por equipes multidisciplinares de serviços socioassistenciais nos Territórios de Desenvolvimento em que estão implantadas as três unidades regionais do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) existentes no Estado: o Regional Vale do Rio Doce, inaugurado há um mês em Peçanha; e Mucuri e do Médio e Baixo Jequitinhonha, em Águas Formosas e Almenara, respectivamente, inaugurados em março de 2017.

Neles, as equipes multidisciplinares (assistente social, psicólogo e advogado) executam o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi) em 19 municípios de pequeno porte, assim classificados por possuírem até 20 mil habitantes.

Além disso, o Creas é também uma referência para a gestão da proteção especial em todo o Território de Desenvolvimento em que está implantado, articulando as ações de Proteção Social Especial com os demais serviços socioassistenciais e com as instituições do Sistema de Garantia de Direitos.

De março a dezembro de 2017, as unidades do Mucuri e Médio e Baixo Jequitinhonha contabilizaram números expressivos e muitas histórias de superação de violação de direitos.

Responsáveis pelo acompanhamento de situações de negligência, abuso e violência contra pessoas vulneráveis, como crianças e idosos, as equipes percorreram 71.418 quilômetros para o atendimento a famílias de 11 municípios, incluindo comunidades rurais, quilombolas e indígenas. Foram 487 visitas domiciliares do Paefi em nove meses.

Essas situações, em geral, são encaminhadas ao Creas Regional por referências técnicas de Proteção Social Especial das secretarias municipais de Assistência Social; pelo Judiciário e pelos Conselhos Tutelares e Conselhos diversos, como dos Direitos da Criança e do Adolescente, dos Direitos do Idoso e dos Direitos da Mulher.

Após receber cada caso, a equipe visita a família para conhecer de perto a situação e construir vínculos entre o serviço e a família. Dependendo da situação, ocorre o encaminhamento para outras secretarias, como a de Saúde, por exemplo, quando se tratar de uma doença.

O tempo de acompanhamento depende de cada caso. Já o encerramento só ocorre após a equipe constatar que a situação de violação foi superada, momento em que as famílias passam a ser acompanhadas pelo Cras de seus municípios de origem.

Atualmente, são 105 casos em acompanhamento nos seis municípios atendidos pelo Creas Mucuri e 98 casos acompanhados nos cinco municípios da área de abrangência do Creas Alto e Médio Jequitinhonha.

Serviço: 

Creas Regional Médio e Baixo Jequitinhonha
Endereço: Rua Tude Tupy, 125, Centro, Almenara (MG)
Contatos: (33) 3721-2398 e creas.mbjequitinhonha@social.mg.gov.br

Creas Regional Mucuri
Endereço: Rua Olinto Medrado, 54, Centro, Águas Formosas (MG)
Contatos: (33) 3611-1956 e creas.mucuri@social.mg.gov.br

Creas Regional Vale do Rio Doce
Endereço: Rua João Pinheiro, nº 931, bairro Sagrado Coração de Jesus, Peçanha (MG)
Contatos: (33) 3411-2193 e creas.valedoriodoce@social.mg.gov.br

Mais informações com a assessora do departamento de Assistência Social da AMM, Jéssica Araújo, pelo telefone (31) 2125-2404.

Foto: Equipe do Creas Regional Mucuri, em Águas Formosas (Crédito: Divulgação/Sedese).

Publicado em 22 de janeiro de 2018.