Home > COMUNICAÇÃO > A necessidade da integração dos poderes executivo e legislativo

A necessidade da integração dos poderes executivo e legislativo

Para o desenvolvimento, bom funcionamento da administração pública municipal e crescimento ordenado das cidades, é necessário que o executivo e legislativo dos municípios trabalhem em conjunto. Pensando nisto, o superintendente geral da Associação Mineira de Municípios – AMM, Ângelo Roncalli, apresentou aos presentes no Fórum Mineiro de Vereadores, os desafios da gestão municipal.

Roncalli lembrou a necessidade de corrigir a distorção federativa existente no país, onde os municípios assumem demasiadas responsabilidades em quanto os recursos se concentram no Governo Federal. Hoje os gestores municipais se encontram na maior crise financeira dos últimos tempos. As cidades não tem conseguido arcar com suas responsabilidades, devido ao excesso de obrigações.

Segundo ele, os municípios precisam ter mais autonomia para elaborarem suas próprias políticas públicas, não ficando presos a programas dos governos Federal e Estadual. Roncalli ainda destacou que os gestores municipais investem hoje, em algumas áreas, mais do que o estipulado por lei como, por exemplo, a saúde onde as cidades mineiras investem, em média 23% de suas receitas.

Para manifestar sua revolta com o quadro federativo atual, o superintendente da AMM convidou os vereadores do sul de Minas a participarem, no dia 13 de dezembro, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG, do DIA DO BASTA, uma campanha promovida pela AMM contra a distorção federativa. Roncalli alertou que é fundamental a participação de todos nesta campanha já que se trata de uma bandeira comum a todos os municípios, sendo os vereadores fundamentais na mobilização da sociedade por estarem mais próximos dos cidadãos.

O Fórum Mineiro de Vereadores continua amanhã. Este é um evento da Associação de Câmara e Vereadores da Microrregião do Circuito das Águas – AVEMAG, e conta com o apoio da AMM.